INQUIETACÕES - tensão e tesão

Levi Nauter
Qual a diferença entre um Deus que é pai e um Deus milico? Em geral, as pessoas têm verdadeiro tesão pelas regras, pelo "sabe com quem estás falando?". A vida é mais fácil quando alguém nos diz para fazer isso ou aquilo. Tornamo-nos inúteis, deixamos de pensar por conta própria, fazemos continência, somos simplesmente obedientes. Será isso o que Deus deseja de nós?
O tesão pelo legalismo deveria ser substituído pela tensão. Se consideramos que a vida se faz cotidiana e, portanto, não está definitivamente pronta, acabada, é necessária a dialogicidade. No que estamos conversando, a dialética está na tensão/tesão.
Tensão para a discussão, sem violência, sem egocentrismo, com humildade. Tensão no sentido de não se conformar com a periferia da vida, mas na profundidade. Viver na profundidade e não se conformar com o superficialismo cotidiano.
E o nosso discurso?

meu jardim

meu jardim
minhas flores

minha alegria

minha alegria
Maria Flor

Sobre este blog

Para pensar e refletir sobre o cotidiano de um cristianismo que transcende as quatro paredes de um templo.


"Viver é escolher, é arriscar-se a enganar, aceitar o risco de ser culpado, de cometer erros" [Paul Tournier]

Vídeo

Loading...

Ouvindo

  • discografia do ótimo John Mayer

Followers

EU

Minha foto
LEVI NAUTER DE MIRA, doutorando em educação (UNISINOS), mestre em educação (UNISINOS) e graduado em Letras-português e literatura (ULBRA). Tenho interesse em livros de filosofia, sociologia, pedagogia e, às vezes, teologia. Sou casado com a Lu Mira, professora de História, e pai da linda Maria Flor. Adoramos filmes e séries.

Leituras

  • textos sobre EDUCAÇÃO (livros, revistas, artigos)
  • PROIBIDA A ENTRADA DE PESSOAS PERFEITAS, de John Burke
  • OS DESAFIOS DA ESCRITA, de Roger Chartier